Quem somos

Caro Amigo Colecionador,

Seja bem-vindo a Filatélica Penny Black / Portal do Selo (uma das Filatélicas mais antiga do Brasil).

A Filatélica Brasília assumiu a administração a partir de 1º de junho de 2016.

Segue um histórico da Penny Black escrito pelos antigos responsáveis.

Quando somos crianças e chegamos com uns trocadinhos para comprar selos em uma loja filatélica e, sentimos não ser bem recebidos, sofremos uma grande desilusão. As vezes, muitos até desistem de colecionar selos, pensando ser um hobbie só para ricos ou, gente muito cheia de diplomas.

Foi pensando nos pequenos, nos jovens e mesmo nos adultos, em seu começo vacilante na Filatelia, que trabalhamos duramente, não só para vender uma mercadoria, como se vende batatas ou cebolas, mas para dar junto com o objeto de nosso comércio, o carinho e respeito que se deve a todos.

Era preciso ensinar, tornar a Filatelia fácil e acessível para todos, abrindo as portas de um mundo mágico, para quem nele quisesse entrar, de onde quer que estivesse, fossem quais fossem as condições financeiras, idade ou gosto. Era importante trazer as crianças para uma ocupação saudável e instrutiva e dar aos idosos um lazer tranqüilo e reconfortante. Esforçamo-nos ao máximo para transmitir a todos não só o conhecimento, mas também um novo conceito de Filatelia.

O mundo mudou muito nas últimas décadas e foram mudanças radicais nas ciências, nas artes e tecnologia, ocasionando uma reviravolta violenta no modo de ser das sociedades.

Os selos também mudaram de aspecto, tornaram-se bonitos, vivos e exuberantes, cada um com uma mensagem diferente, uma campanha, um animal ou uma flor. Tudo quanto existe neste mundo, e até mesmo nos outros, vai sendo retratado nos selos que chegam até nós, como verdadeiras fontes de informação. Com isso, a Filatelia também mudou, perdeu um pouco daquele seu caráter rançoso, meramente especulativo de antigamente, quando se colecionava selos pensando apenas em lucro. A filatelia tornou-se hoje um hobbie leve, agradável e atraente, livre de muitos dogmas e preconceitos.

A nossa mala direta começou em 1986. Foi o nosso primeiro passo no sentidode divulgação deste novo modo de ver e pensar. Embora seja comercial, foi com a nossa lista de ofertas trimestral, que muitos começaram a aprender sobre a ordeme a divisão dos selos, sobre países que nem pensavam existir e sobre a nomenclatura própria da Fialtelia. Nosso segundo passo, foi a criação do jornalzinho: O Amigo do Filatelista. Com este sim, o pessoal pode aprender muito mais. Foi bom para todos, os que sabiam, através de artigos e dicas e estudos, foram dando seu conhecimento para a turminha que começava. O bom filatelista, gosta de dividir conhecimento e somar amizades.

Agora, com o Portal do Selo, a luta continua, mas o sonho já é realidade. Sejam bem vindos. Ajudem, enviem artigos, façam críticas, divulguem ! É para mim, para você, é para todos nós! O mundo é nosso! Filatelia, lá vamos nós !!!